09/11/2016

Recursos sobre Evidência em Terapia da Fala e Fonoaudiologia

Em qualquer área clínica é importante mantermos-nos actualizados para garantir um serviço rápido, eficaz e de qualidade. É importante, ainda, que seja personalizado a cada cliente.
O termo "prática baseada na evidência" tem estado em voga nos últimos anos e pressupõe a integração dos dados clínicos com a investigação mais recente; isto, para além de pressupor a partilha dos resultados obtidos na sua prática, claro. Para saber mais sobre isto, pode consultar este link.
Existem algumas plataformas que nos ajudam a integrar os resultados das investigações mais recentes na nossa prática clínica, pelo simples facto de reunirem a informação e tornarem mais fácil a pesquisa.
Se conhecerem outros recursos, comentem em baixo!



É uma base de dados que reúne e classifica de acordo com os níveis de evidência as investigações no âmbito da Terapia da Fala. Existe desde 2008 e é gerida por um grupo de terapeutas da fala da Universidade de Sydney. Tem um motor de busca muito interessante e útil - permite pesquisar com base na área, intervenção, população, tipo de estudo, etc. Usa o sistema de classificação de evidência da sua homóloga PEDro-P, para fisioterapeutas.


É uma ferramenta recente que a ASHA disponibiliza. Está organizada por perturbação clínica/doença ou funcional. Reune os documentos (artigos originais, guidelines, revisões sistemáticas, etc) que evidenciam resultados em cada área. Melhor do que isso, é apresentado um resumo compreensivo para cada artigo - o que torna a interpretação dos resultados muito mais rápida (não tem de ler o artigo na integra),
fácil (não tem de ter acesso ao artigo; o "sumo" está já apresentado e pronto a usar) e prática (apresenta as perspectivas dos clientes, sempre que possível).

3. Guidelines


4. Outros sítios

Sem comentários:

Publicar um comentário